Estímulos por todos os cantos

Para muitas profissões, o formato clássico de escritório das 8h30 às 18h30 já não faz sentido há tempos. Imagine então como essa rotina pode se tornar uma prisão se você trabalha com algo que exige inspiração todos os dias?

Ao conversarmos com a arquiteta Ana Caminha, da Arquipélago Design de Espaços, um dos principais pontos identificados pela profissional como um benefício de se trabalhar em coworking é o constante estímulo da criatividade, extremamente importante para essa área.

“Antes de ir para um coworking, eu imaginava que meu escritório seria em uma sala comercial de um prédio qualquer. Depois dessa experiência, não consigo sequer imaginar ficar enfurnada numa sala que pouco estimula a criação, compartilhamento e criatividade. Uma das grandes vantagens do coworking é poder contar com uma área aberta e de convívio entre todos. Você não precisa necessariamente trabalhar na sua mesa, pode ir para o jardim, para a piscina… É maravilhoso!”, conta Ana.

 

Menos solidão e mais liberdade

O dinamismo da rotina e o contato com profissionais de diversas áreas é sempre um gás para os insights surgirem. Ao estar próximo de outras pessoas, a rotina pode se tornar menos pesada e mais produtiva. 

Segundo Miguel Cardoso, da SWE Engenharia e Energia, “a solidão atrapalha, a gente manteve o escritório em casa por um tempo e é um pouco chato. As vezes a gente precisa ver pessoas diferentes.” Ele e os sócios mantiveram um escritório por um bom tempo até que perceberam que isso trazia mais incômodos do que benefícios e resolveram devolver a sala comercial e migrar para o coworking.

“A adaptação foi rápida, e as vantagens já surgiram nos primeiros meses. O coworking trouxe uma liberdade em relação a minha rotina. Por exemplo, uma semana ficou inviável eu vir de manhã para o escritório, não tem problema porque eu sei que quando eu chegar o espaço vai estar da mesma forma que eu deixei porque que existem responsáveis por cuidar dele.”, comenta ele.

banner_promo

Foco no que precisa ser feito

É muito comum quando trabalhamos em casa, por exemplo, acabarmos perdendo tempo com frequência com tarefas caseiras como lavar a louça ou sendo consumidos por atividades “mais divertidas” como jogar video- game ou conferir as redes sociais. Quando você se dá conta, seu dia passou o prazo da entrega do projeto está ainda mais próximo.

Mesmo em um escritório próprio, não é raro ter que se preocupar com a internet que não funciona ou a lâmpada que queimou. No coworking, há sempre uma equipe responsável por manter tudo organizado e funcionando para você conseguir focar no que realmente importa. 

Para o Miguel foi assim. “A primeira sensação que eu tive foi – nossa, eu me incomodava com muita coisa que eu não preciso mais me incomodar. A minha rotina ficou mais flexível, eu gasto menor energia com aquilo que eu não preciso e posso focar no que realmente precisa ser feito. E claro, elogia o cafezinho “o fornecimento de café parece ser infinito”, brinca ele. 

Economia e networking

Para os arquitetos ou engenheiros em início de carreira ou mesmo os que estão começando sua própria empresa, essa pode ser a oportunidade perfeita de aprender outros ensinamentos importantes na vida de um empreendedor.

“Desenvolvi habilidades de socialização e negociação devido a minha convivência em coworking”, conta Ana, que inicialmente buscou o espaço pela facilidade e ausência de burocracia, mas que acabou descobrindo um leque enorme de oportunidades e aprendizados.

No fim das contas, os benefícios como economia e networking são o incentivo inicial para os profissionais que buscam um espaço compartilhado, mas é a soma de todos os outros fatores que faz com que os profissionais estejam tão satisfeitos com essa nova visão de trabalho.

 

o profissionalismo que você precisa com o conforto que você deseja, para você focar no que realmente importa.

Confira aqui o depoimento completo de Miguel Cardoso, da SWE Engenharia e Energia.

Clique no banner e aproveite as condições especiais de lançamento do novo ambiente compartilhado para o mês de setembro!

Oi, eu sou o Saulo!

Estou aqui para te ajudar a entender como tirar o máximo de proveito do One para o seu negócio. Sempre em busca de boas conversas e atento a novas possibilidades de conexões.